NOSSA

DEVOÇÃO

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Nossa Senhora de Fátima ou também Nossa Senhora do Rosário de Fátima, é uma das invocações marianas atribuídas à Virgem Maria e que surgiu com base nas aparições recebidas por três pastorinhos na Cova da Iria, em Fátima, Portugal.

De acordo com os testemunhos das três crianças a primeira aparição da Virgem Maria terá ocorrido no dia 13 de maio de 1917 e o fenómeno repetiu-se durante seis meses seguidos, sempre no dia 13 (com exceção do mês de agosto, em que ocorreu no dia 19), até 13 de outubro de 1917.

A aparição identificou-se como sendo “a Senhora do Rosário”, tendo sido, por esse motivo, feita eclesiasticamente a combinação dos seus dois títulos e o que deu origem a Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Segundo os relatos dos pastorinhos, a mensagem que a Virgem Maria apresentou em Fátima foi, na verdade, um insistente apelo à conversão, à penitência e à oração, nomeadamente a oração do Santo Rosário.

O seu principal local de devoção é o próprio Santuário de Fátima, situado na freguesia e cidade homônima, no concelho de Ourém, em Portugal.

NOSSA SENHORA DO DIVINO PRANTO

A devoção a Nossa Senhora do Divino Pranto teve seu início nos primeiros anos do século passado. A jovem Irmã Elisabeth, que pertencia à congregação das irmãs Marcelinas, passava por gravíssimas enfermidades. Desenganada pelos médicos, a Irmã Elisabeth esperava sua morte. Porém, na madrugada do dia 6 de janeiro de 1924, enquanto reinava o mais profundo silêncio, a Irmã Elisabeth começou a falar, o que surpreendeu as outras irmãs. Elisabeth estava conversando com uma senhora, dizendo: “Como a senhora é bondosa! Mas tenho uma dor tão grande que nem sei oferecer a Deus… reze por mim!” Bem, a bela Senhora responde a Elisabeth: “Reza! Confia! Espera! Dá um sorriso e desaparece.”

A Irmã sentia que não era capaz de espalhar a mensagem. Achava que ninguém acreditaria nela. Por isso, pediu que Nossa Senhora lhe desse um sinal. Então, Nossa Senhora deu um carinhoso sorriso, se inclinou levemente e disse: “Devolvo-te a saúde!”, desaparecendo com o Menino Jesus logo em seguida. A jovem Irmã Elizabeth curou-se completamente e viveu por mais seis décadas, testemunhando e espalhando a mensagem de Nossa Senhora do Divino Pranto.

obrigado pelo seu contato!

Em breve, nossa equipe entrará em contato.

×

Powered by WhatsApp Chat

×